terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Desafios, Turbulências... Conquistas



Nesta primeira postagem, pensei em diversos assuntos a tratar e, claro, todos serão tratados posteriormente (além de outros mais que ainda não passaram pela cabeça neste momento). Mas, dentre as diversas opções consideradas, surgiu uma que pareceu ser a mais pertinente e então me fiz a seguinte pergunta: "Que tal começar do começo?". Me pareceu uma boa escolha e acabei por acolher a idéia que me propus! Mas acredito que existam muitas formas de se "começar um começo" e nunca sabemos, ao certo, qual delas é a melhor. Optei por um começo pouco descritivo. Acredito que para introduzirmos esta caminhada, vale menos um detalhamento sobre "isso ou aquilo", mas uma mensagem, em síntese, do que sentimos sobre o que esta experiência foi, é e será para mim e os outros membros. Desta forma, neste momento acho cabível trocar uma idéia sobre o que representou, em primeira instância, este momento. Faço, então,  um breve relato sobre o que significou trabalhar no Colégio Estadual Presidente Dutra, a primeira e, até o momento, a única escola que nosso grupo (deste eixo) teve contato.

As atividades desempenhadas no C.E. Presidente Dutra, localizado no município de Seropédica (inclusive, para nossa sorte e comodidade, passos à frente do Instituto onde temos aula), foram marcadas, em um primeiro momento, por um período de incertezas e árduo trabalho de adequação e desenvolvimento de uma conversa entre o ambiente acadêmico (o qual estamos acostumados) e o ambiente escolar (o qual todos nós já havíamos, previamente, experienciado na condição de alunos). 

Foi um período de consolidação de nossas propostas e, especialmente, de busca pela concretização de idéias até então teóricas. Todas as conquistas e sementes que deixamos no colégio devem-se ao esforço mútuo de todas as partes envolvidas (bolsistas, coordenadores e instituições) que, face ao novo, buscaram maneiras de tornar possível a proposta da melhor forma, sem deixar que todo o universo desconhecido que nos foi apresentado abalasse nossa perseverança, fazendo valer toda a confiança que nos foi creditada. Cada indivíduo envolvido foi uma peça-chave para que tudo que esta primeira experiência nos proporcionou se tornasse, de fato, algo realmente edificante. Cada um, de seu modo, foi fundamental neste difícil quebra-cabeças que, graças a todo esforço depositado, transformou-se em um cenário completo, sem desfalques.  

Mas é preciso, antes de tudo, reconhecer que este foi um início e, deste modo, também um momento de adaptação e novidades, para todos. É necessário humildade para admitir que somos humanos, e, assim, também erramos na tentativa do correto e falhamos em certos momentos. Isto reflete-se diretamente no resultado de qualquer atividade que venhamos a desempenhar, mas, sobretudo, é de extrema conveniência que saibamos, também, erguer nossas cabeças para, com orgulho, demonstrar todo o nosso potencial e olhar para o futuro com a certeza de que a semente foi plantada e que este foi somente um pequeno início para uma grande jornada de altos e baixos que todos nós, envolvidos e comprometidos com a educação, encontraremos, com a certeza de que a chama da esperança em uma educação acessível e de qualidade para todos está acesa, para jamais se apagar.

A união faz a força e a força constrói. E tudo aquilo que é construído com força e união jamais se dissipará. Nós, do PIBID, acreditamos que é possível construir um conhecimento sólido, com base e alicerce inabaláveis. Nosso papel é, também, compartilhar com todos o que acreditamos. Na vida tudo perece, exceto a sabedoria. Um dia todos nós compreenderemos isto e, neste dia, nada no mundo poderá ser mais forte, porque seremos detentores do maior tesouro que um homem é capaz possuir: sua cultura.

Nunca deixe de nos acompanhar e acreditar em um futuro melhor, assim como nós acreditamos e constantemente trabalhamos para que isso aconteça, degrau por degrau, por vezes em um ritmo mais acelerado, noutras um pouco mais lento, mas nunca estagnados! 

Ficam meus profundos e sinceros agradecimentos a todos com quem pude trabalhar neste período e deixo o alerta de que estamos só começando e muito ainda está por vir!

0 comentários:

Seguidores do Blog (Google+)

Ocorreu um erro neste gadget
Facebook Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha | Adapted by Demetryus